Dicas para uma prova de inglês – 7 passos para arrasar nas avaliações!

Época de prova é sempre aquele sufoco: por onde começar? O quanto estudar? Como saber se estou devidamente pronto para a prova? Se já temos essa paranoia com provas de conteúdos já bastante familiares, como provas de português, quem dirá com uma prova em uma língua totalmente nova, não é?

Encontra-se em uma situação parecida? Identificou-se com o relato? Pois não se desespere! Nós, do Sim para todos, preparamos este artigo com várias dicas para você arrasar em qualquer prova de inglês! Confira!

Dicas para provas de inglês

Faça um “study plan”

Um study plan (plano de estudo) consiste basicamente num cronograma com os assuntos que você precisa estudar para a prova e o tempo que você irá dispor para cada um deles — bem como os objetivos que pretende alcançar ao final do plano, como “dominar o verbo to be” ou “ser capaz de escrever uma carta de apresentação totalmente em inglês”.

Isso ajudará você a manter um ritmo saudável de estudo, não exagerando num dia (e se desgastando com isso) nem deixando para estudar toda a matéria poucos dias antes da prova (e acabar se sobrecarregando e consequentemente ficar ansioso/nervoso com isso).

Escolha bem suas referências

Parece óbvio, mas muitos estudantes não se atentam às fontes que escolhem para estudar. Isso pode prejudicá-lo e muito, desde fazer com que você não consiga aprender determinada matéria (por falta de clareza de quem formulou o material que você está consultando) até, na pior das hipóteses, fazer com que você aprenda errado determinado assunto.

Portanto, escolha bem as fontes que você irá consultar! Modéstia à parte, se você já é leitor do Sim para todos, certamente deve saber que nossos artigos são feitos com bastante esmero! Caso não seja, dê uma conferida em alguns deles e tire suas próprias conclusões!

Pratique suas habilidades

Vamos supor que você considere que já domina determinado assunto, como o simple past, e, por isso, deixe de revisá-lo antes da prova para dar lugar a um assunto mais importante. Aí chega na hora da prova e lá está o bendito simple past. E então você realiza que… não sabia tanto quanto você imaginava.

Pois isso é algo que acontece com frequência. Não é porque você já sabe (ou acha que sabe) determinado assunto que não precisa exercitá-lo. Assim como a prática leva á perfeição… a falta dela… sabe para onde leva, não sabe?

Dicas para provas de inglês

Tome nota de seus pontos fracos

Se alguma coisa não ficou muito clara ou você percebeu que tem alguma dificuldade com determinado assunto em particular (como com a pronúncia de determinado sons), não deixe esse detalhe passar despercebido! Sublinhe ou anote cada um de suas dúvidas e marque um dia na sua agenda só para revisitá-las e tentar entender de uma vez por todas.

Pois sabe aquele único detalhe que você não viu direito? Pois é, imagine só se cai justamente ele na prova?!

Gêneros textuais

Essa dica serve não só para a prova de inglês, mas também para qualquer outro tipo de prova: tenha conhecimento sobre gêneros textuais diversos. Pois imagine o cenário: você é fera no inglês e tem que fazer uma prova que consiste basicamente na escrita de uma notícia em inglês. De que valerá o conhecimento que você tem em inglês se você não souber a estrutura de uma notícia, os seus principais elementos etc.?

Portanto, durante seus estudos, tente ter contato com o máximo de gêneros textuais possíveis: notícias, artigos, contos, infográficos, tirinhas, charges, HQs etc.

Revise

Não basta apenas ver determinado conteúdo uma vez na vida e já esperar saber tudo sobre ele. Revise-o constantemente, sempre com bastantes exercícios, para fixá-lo bem em sua mente.

Uma boa opção é você mesmo produzir resumos sobre o assunto, à sua maneira, com exemplos criados por você mesmo, e de um tamanho não muito grande, para que você possa consultá-lo frequentemente — e que seja de fácil entendimento.

Explique o que aprendeu para outra pessoa

Pode parecer um pouco sem noção, mas confie em mim: uma das melhores maneiras de se aprender determinado assunto e guardá-lo bem na memória é explicando-o para outra pessoa. Pode ser para um colega, um parente, uma pessoa que encontrou na rua etc. Até para si mesmo está valendo, desde que em voz alta!

Porque, para fazer alguém entender determinado assunto, é preciso que você já tenha previamente o entendido. Tentar explicá-lo para alguém pode ser uma boa maneira de avaliar o seu domínio em relação ao assunto, especialmente se a outra pessoa levantar questionamentos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *