Aula de conversação para níveis básicos (para quem nunca fez inglês) funciona?

Aulas de conversa em inglêsEsse questionamento é muito comum já que várias escolas oferecem aulas de conversação assim que o aluno se matricula. É preciso tomar cuidado para não apressar o processo de aquisição do idioma, já que o aluno que nunca teve contato formal com a língua inglesa pode criar algum tipo de bloqueio participando de uma aula cujo foco é a produção oral.

Para adquirir uma segunda língua é preciso ter contato auditivo com a língua e essa é a parte que as aulas de conversação costumam negligenciar. O listening é a porta de entrada para o estudante começar a se comunicar em inglês. Além de outros estímulos visuais, não é efetivo fazer e responder perguntas pré-determinadas sobre um assunto, sem que haja antes um contato com esse vocabulário e uma contextualização.

A contextualização é outro aspecto que muitas vezes não está presente nas aulas de conversação, já que os assuntos abordados às vezes não fazem parte do universo do aluno e são tratados de forma artificial, já que alunos de nível básico não serão capazes de expressar genuinamente as suas opiniões. E uma conversa na vida prática não teria roteiro e mediação dos participantes.

Conversação - aulas de inglês

É preciso tomar cuidado, pois as aulas de conversação para níveis básicos podem ser apenas uma jogada de marketing para atrair estudantes que estão animados para falar inglês o mais rápido possível. Por outro lado, se a escola oferece essas aulas junto com o pacote, é possível participar como ouvinte, principalmente se o professor for nativo para entrar em contato com a língua inglesa.

No entanto, não é preciso se frustrar com sua produção se você acabou de se matricular no curso. Lembre-se de que a aquisição e um segundo idioma é um processo gradativo e o resultado virá depois de muito esforço e horas de estudo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *